belly-3186730_1920

Doulas e o Uso Terapêutico da Aromaterapia

 

A Aromaterapia visa melhorar a experiência global de parto, aumentando o potencial de escolha e o empoderamento da mulher neste momento especial na vida. A Aromaterapia é uma opção terapêutica segura e eficaz na atenuação de alguns desconfortos comuns na gravidez, bem como no alívio das dores durante o trabalho de parto.

Na atualidade, inclusive no Brasil, já existe uma preocupação profissional e na área da Enfermagem e Obstetrícia, da necessidade de reduzir intervenções obstétricas (cesáreas) e assim, minimizar a morbidade materna a longo prazo e reduzir os custos relacionados ao parto e nascimento.

A Aromaterapia e massagem provaram ser benéficas para facilitar o parto normal, reduzindo a necessidade de intervenção farmacológica ou cirúrgica. Alguns trabalhos internacionais* publicados mostram os seguintes resultados

  • O consumo de anestesia peridural foi significativamente menor para as mulheres que utilizaram aromaterapia no trabalho de parto e nascimento;
  • Houve redução do uso de opioides sistêmicos quando a aromaterapia foi usada;
  • Menos de 1% das mulheres relataram efeitos colaterais após o uso de aromaterapia. As sensibilidades relatadas foram cefaleia, náusea, vômito ou uma erupção eritêmica leve. Estes sintomas podem ter sido associados a aspectos fisiológicos naturais do trabalho de parto;
  • Além disso, as mulheres expressaram sentimentos de encorajamento e de apoio ao usar aromaterapia.

A ênfase da gravidez como um processo natural e na importância do papel de doulas e parteiras na promoção do cuidado holístico, já foi destacado no relatório Midwifery 2020, publicado em 2010. Neste movimento, a atuação de doulas passa a ser um importante diferencial.

O que significa doula? A palavra “doula” vem do grego “mulher que serve”. Nos dias de hoje, aplica-se às mulheres que dão suporte físico e emocional a outras mulheres antes, durante e após o parto.

Antes do parto: a doula orienta o casal sobre o que esperar do parto e pós-parto. Explica os procedimentos comuns e ajuda a mulher a se preparar, física e emocionalmente para o parto, das mais variadas formas.

Durante o parto: a doula funciona como uma interface entre a equipe de atendimento e o casal. Ela explica os complicados termos médicos e os procedimentos hospitalares e atenua a eventual frieza da equipe de atendimento num dos momentos mais vulneráveis de sua vida. Ela ajuda a parturiente a encontrar posições mais confortáveis para o trabalho de parto e parto, mostra formas eficientes de respiração e propõe medidas naturais que podem aliviar as dores, como banhos, massagens, relaxamento, etc..

Após o parto: a doula faz visitas à nova família, oferecendo apoio para o período de pós-parto, especialmente em relação à amamentação e cuidados com o bebê.

Treinamento e capacitação: para que doulas e parteiras usem a aromaterapia é necessário um treinamento apropriado fornecido por uma parteira aromaterapeuta.

O curso Aromaterapia Segura na Gestação da ASTHA Cursos Especializados em Saúde é um curso online no qual parteiras e doulas interessadas poderão conhecer os Protocolos Internacionais de Aromaterapia utilizados nos Estados Unidos e na Inglaterra no trabalho de parto, parto e nascimento,  que lhes permitará conhecer a prescrição, a dispensação e a administração segura de dezenove óleos essenciais recomendados pelo protocolo.

Fonte: * Burns et al, 2000. Allright e outros, 2003. William e outros, 2007

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *