blood-5427229_1280

Vacinação e Doação de Sangue

A ASTHA Cursos Especializados em Saúde está comprometida com o momento que estamos vivemos. O Curso Básico em Sala de Vacinas é totalmente EAD, com videoaulas especialmente gravadas, muito acessível e de baixo custo. A oportunidade de obter o conhecimento em Sala de Vacinação e  de ficar num grupo online com o professor e contar com sua consultoria, é um diferencial no mercado. Hoje o tema do nosso blog é a vacinação e a doação de sangue.

Em tempos de pandemia, o mundo precisa de mais solidariedade. Poucos atos são mais generosos do que doar sangue para salvar a vida de quem precisa. Informe-se no hemocentro da sua cidade e sabia como doar em segurança. Há critérios para doar, impedimentos temporários e definitivos, que deverão ser observados.

O ato da doação de sangue conforme Pereima e colaboradores é um ato de solidariedade orgânica, que significa um sentimento de cooperação. “O ser humano é essencialmente social, vivendo em comunidade, desempenhando papéis, dividindo tarefas, compartilhando espaços físicos, partilhando sentimentos, relacionando-se com os outros de forma harmoniosa ou mesmo conflituosa (lembrando que o conflito faz parte do nosso cotidiano e certamente tem sua importância no processo de viver humano). Este ser sofre influências da cultura do meio onde vive e com o qual mantém contato, experimentando uma diversidade de fatores que atuam em seu comportamento”.

ASPECTOS RELACIONADOS À DOAÇÃO DE SANGUE E A VACINAÇÃO:

VACINAS:

Vacinas compostas de vírus ou bactérias vivos e atenuados (ex.: sarampo, poliomielite oral, febre amarela, BCG etc.) necessitam de 3 a 4 semanas de intervalo para a doação. Já as vacinas compostas de vírus ou bactérias mortas, toxoides ou recombinantes (ex.: tétano, difteria etc.) exigem um período mínimo de 48 horas para doação de sangue desde que o candidato não apresente qualquer reação decorrente da vacinação. Vacinação antirrábica após exposição animal exige período mínimo de 01 ano para a doação de sangue.

VACINAÇÃO CONTRA A COVID 19  (SARS CoV 2 – NOVO CORONAVÍRUS)

. Candidatos que apresentaram infecção pelo COVID-19 são considerados inaptos por um período de 30 dias, após recuperação clínica completa (assintomáticos).

. Candidatos que tiveram contato direto (domiciliar ou profissional) com casos suspeitos ou confirmados de contaminação por coronavírus devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue.

. Profissionais da saúde (médicos, enfermeiros entre outros) que trabalham diretamente com pacientes portadores de Covid-19 devem aguardar 14 dias após o último dia de contato, para realizar a doação de sangue.

. Candidatos que foram vacinados contra Covid-19 só podem doar: 48 horas após cada dose (vacina Coronavac, da Sinovac/Butantan); e 7 dias após cada dose (vacina Oxford, da AstraZeneca/Fiocruz).*

* Critério adotado segundo Informe Técnico do Ministério da Saúde de 23/01/2021.

Fonte: Gisele Cristina Tertuliano, Enfermeira e Cientista Social, Mestre e Doutoranda em Saúde Coletiva.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *